Il Cantico delle Creature

(San Francesco)

Altissimu, onnipotente, bon Signore,
tue soí le laude, la gloria e líhonore et onne benedictione

Ad te solo, Altissimo, se konfano
et nullo homo ène dignu te mentovare.

Laudato sie, mií Signore, cum tucte le tue creature,
spetialmente messor lo frate sole,
lo qual è iorno, et allumini noi per lui

Et ellu è bellu e radiante cum grande splendore:
de te, Altissimo, porta significatione.

Laudato sií, mií Signore, per sora luna e le stelle:
in celu líài formate clarite et pretïose et belle.

Laudato sií, mií Signore, per frate vento
et per aere et nubilo et sereno et onne tempo,
per lo quale a le tue creature dài sustentamento.

Laudato sií, mií Signore, per sorí aqua,
la quale è multo utile et humile et pretiosa et casta.

Laudato sií, mií Signore, per frate focu,
per lo quale ennallumini la nocte:
ed ello è bello et iocundo et robustoso et forte.

Laudato sií, mií Signore, per sora nostra matre terra,
la quale ne sustenta et governa,
et produce diversi fructi con coloriti fiori et herba.

Laudato sií, mií Signore, per quelli ke perdonano per lo tuo amore
et sostengo infirmitate et tribulatione.

Beati quelli ke Ďl sosterrano in pace,
ka da te, Altissimo, siràno incoronati.

Laudato sií, mií Signore, per sora nostra morte corporale,
da la quale nullu homo vivente pò skappare:

guai a quelli ke morrano ne le peccata mortali;
beati quelli ke troverà ne le tue sanctissime voluntati,
ka la morte secunda noíl farà male.

Laudate e benedicete mií Signore et rengraziate
e serviateli cum grande humilitate

 

---

O Cântico das Criaturas

(trad.: Leonardo Costa Coscarelli)

Altíssimo, onipotente, bom Senhor,
só tuas são essas laudas, a gloria e a honra e cada bênção

Só a ti, Altissimo, elas se atribuem
e nenhum homem é digno de em te pensar.

Louvado sejas, meu Senhor, com todas as tuas criaturas,
sobretudo o magnífico irmão sol,
que nos dá o dia, e por ele a tua luz.

E ele é belo e nos manda seus raios com grande esplendor:
e nos é, Altíssimo, a tua representação.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã lua e as estrelas:
que foram no céu por te criadas claras e preciosas e belas.

Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento
e pelo ar e as nuvens e o sereno e todo o tempo,
por que às tuas criaturas dás sustento.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água,
que é multo útil e humilde e preciosa e casta.

Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão fogo,
pelo qual tu iluminas a noite:
e ele é belo e jucundo e robusto e forte.

Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã nossa mãe terra,
que tudo sustenta e governa,
e produz ervas e diversos frutos com flores coloridas.

Louvado sejas, meu Senhor, pelos que perdoam graças ao teu amor
e suportam dores e sofrimento.

Beatos aqueles que o suportarão em paz,
pois por te, Altíssimo, serão coroados.

Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã morte corporal,
da qual nenhum homem vivente pode escapar:

Infelizes aqueles que morrerem em pecados mortais;
Felizes aqueles que respeitarem as tuas santíssimas vontades,
pois a segunda morte não os fará mal.

Louvai e abençoai meu Senhor e agradecei
e servi-lhe com muita humildade.

 

 

Voltar para a página anterior